AVISO AS EQUIPES;051114

As Equipes de:

Sábado= Unidos na Fé - Coordenadora Iracema

Domingo= 07Hs / Terço dos Homens - Coord. Nivando Oliveira
               
                  17Hs / Coração de Luz - Coord. Ronald
                   
                   19Hs / Sagrada Face - Coord. Franzé Magalhães


Obs:  Devido o fim de semana passado ter sido celebrado o domingo dos fieis defuntos, o próximo fim de semana, nos dias 08 (sábado) e 09 (domingo), celebraremos as missas em ação de graça aos dizimistas aniversariantes do mês de novembro de 2014. Então: A missa de sábado e as missas de domingo, serão acompanhadas por volante com musicas para esta celebração.
As músicas postadas, como; canto de entrada, canto de aclamação, canto de ofertório, comunhão, meditação e canto final...serão as músicas cantadas, insubstituíveis. Já os cânticos do ato penitencial, glória, santo e a paz, ficaram à escolha das equipes de liturgia do dia.

Pastoral da Liturgia
pjmjfortaleza.blogspot.com.br

DIZIMISTAS ANIVERSARIANTES DO MÊS DE NOVEMBRO DE 2014



MISSA EM AÇÃO DE GRAÇA PELOS DIZIMISTAS    ANIVERSARIANTES   DO    MÊS    DE   NOVEMBRO  DE  2014

CANTOS  DE ENTRADA:
1. Inicial: Levanta/ és Igreja também/ E Deus quer fazer/ uma obra acontecer/ na tua vida/ Desperta/ tu que dormes/ e a luz do Senhor/ Encherá de esplendor/ a tua vida// Somos povo de Deus/ Ele espera de nós/ Uma resposta/ nosso sim/ Somos povos de Deus/ Ele luta por nós/ E a vitória/ já foi conquistada.

2. Inicial: Quando a igreja se levanta/ Para exaltar/ o nome do Senhor Jesus/ O céu e a terra em harmonia/ Irão cantar/ o nome do Senhor Jesus// O Espírito de Deus ao nosso encontro vem/ E os anjos se levantam pra cantar também// Amém/ glória ao nosso Deus/ Santo é o nosso Deus/ aleluia (bis).
- Nos louvores Deus habita/ Vamos provar/ dessa presença do Senhor/ Sentir que em nosso meio/ está Jesus/ O nosso Deus dominador.

ATO PENITENCIAL:  Opcional  
 
HINO DE LOUVOR:   Opcional  

ACLAMAÇÃO:
Refrão: Aleluia, aleluia, aleluia.(2x)
• Quando estamos unidos, estás entre nós e nos falarás da tua vida.
• Este nosso mundo, sentido terá se Tua palavra renovar. 

CANTO DAS OFERTAS:     

1) Daqui do meu lugar, eu olho teu altar, E fico a imaginar aquele pão aquela refeição.
Partiste aquele pão e o deste aos teus irmãos, Criaste a religião do pão do céu do pão que vem do céu.
 Somos a igreja do pão, Do pão repartido e do abraço e da paz! (2x)
2) Daqui do meu lugar, eu olho o teu altar, E fico a imaginar aquela paz aquela comunhão.
Viveste aquela paz e a deste aos teus irmãos, Criaste a religião do pão do céu, do pão que vem do céu.

SANTO:   Opcional
PAZ:   Opcional
CANTO DE COMUNHÃO:
Refrão:
Destruí este templo, disse Cristo, E em três dias haverei de reerguê-lo.
Ele falava do templo do seu corpo. Ele falava do templo do seu corpo.

1.  Ó Senhor de coração eu vos dou graças / Porque ouvistes as palavras dos meus lábios;
  Perante vossos anjos vou cantar-vos / E ante ao vosso tempo vou prostrar-me.
2.  Eu agradeço vosso amor, vossa verdade / Porque fizeste muito mais que prometestes.
  Naquele dia em que gritei, vós me escutastes / E aumentastes o vigor de minha alma.
3.  Os reis de toda terra hão de louvar-vos / Quando ouvirem ó Senhor, vossa promessa;
  Hão de cantar vossos caminhos e dirão: / "Como a gloria do Senhor é grandiosa!"
4.  Altíssimo é o senhor, mas olha os pobres / E de longe reconhece os orgulhosos;
  Se no meio da desgraça eu caminhar / Vós me fazeis voltar a vida novamente!
5. Completai em mim a obra começada / Ó senhor, vossa bondade é para sempre;
  Eu vos peço não deixeis inacabada / Esta obra que fizestes vossas mãos!
  
CANTO DE MEDITAÇÃO:
Eu te peço desta água que tu tens, é água viva meu Senhor.   
Tenho sede e tenho fome de amor, E acredito nesta fonte de onde vens.
Vens de Deus, estás em Deus, também és Deus e Deus contigo faz um só.       
Eu porém que vim da terra e volto ao pó, Quero viver eternamente ao lado teu.
És água viva, és vida nova e todo dia me batizas outra vez.
Me fazes renascer, me fazes reviver,
Eu quero água desta fonte de onde vens. (2x)
 
CANTO  FINAL:    
1. Tem que ser agora,  / já chegou a hora da condivisão. / Deus é Pai da gente,/ fez-nos diferentes, mas nos quer irmãos.
Refrão: Eu sou dizimista, eu sou. / Vou ser dizimista, vou./ Vamos parti­lhar o que Deus nos dá, / todo nosso amor (bis).
2.  Oh! Que maravilha,   festa da partilha, sem obrigação. Deus e Pai bondoso, / é tão generoso, multiplica o pão.
3. Os irmãos carentes,/ pobres e doentes, se alegrarão, / quando a nossa oferta / for de mão aberta, for de coração.




ORAÇÃO DO DIZIMISTA:
Aceita, Senhor, como meu dízimo, a minha gratidão. Quero ser membro ativo da vossa Igreja.  Aceita, Senhor, minha oferta, fruto do meu trabalho e sacrifício de cada dia.   Aceita, Senhor, o meu desejo de participar na missão da Igreja, de ser anúncio da Boa Nova de Jesus, de transformar o mundo para ser de Deus e de todas as pessoas.
Senhor, Eu quero devolver em forma de serviço, em forma de oferta, os dons que recebo e a começar pela minha própria vida. Não quero me omitir nem dar só uma esmola E SIM para  Que Jesus, Maria, e José,  A Sagrada Família, nos dê  força de perseverar e de animar outras pessoas a ser dizimistas e a comprometer-se efetivamente com o reino de Deus.
Amém!



 Dizimistas Aniversariantes Mês de Novembro de 2014




01- Antônia B. Moura e João Rodrigues  
02- Aline Martins Sales
03- Altamira de Araujo Lima
04- Ana Valéria de Oliveira Sales
05- Arcelina Queiroz Figueira
06- Antônia de Araujo Albuquerque
07- Alexandra Menezes
08- Antônia Lúcia M. Rodrigues
09- Aylamar Evaristo Ribeiro Torres
10- Clevângela Peixoto Freitas
11-  Eliana Castelo Branco de Souza
12- Eduarlinda Menezes do Nascimento
13- Edgar Elias Portela
14- Francisco Eugênio Marcus
15- Francisco Cleyson Silveira Galdino
16- Francisca Margarida S. Jota
17- Joana Costa Oliveira
18- Jairo Célio Cavalcante
19- José Wellington Pinheiro
20-João Raimundo de Oliveira
21- Jandson Macke O. da Mota
22-José Hélio Cavalcante
23- Kátia da Frota Santos
24- Maria Edite Vieira
25- Maria Albéria
26- Maria Áurea de Souza
27- Maria Gorete Mesquita Cruz
28- Ariane Carvalho Pinto
29- Maria José Moreira Leitão
30- Maria Zilmar Melo da Silva
31- Margarete Pinto de Almeida
32- Maria do Carmo Teixeira
33- Maria de Fátima Nogueira Lima
34- Maria Helena Barros Lima
35- Maria das Graças L. Campos
36- Marceli Gomes da Silva 
38- Maria Nelza Martins Uchôa
39- Maria das Graças Sousa
40- Maria José Abreu Alves
41- Maria Liduina de Moura Silva
42- Maria Gení de Sousa
43- Maria Rodrigues dos Santos
44- Maria Quintela de Melo
45- Magna Góis Pereira
46- Narcisa Ferreira da Cunha
47- Paulo Lima Bernardes
48- Paula Ranielly Lima Mesquita
49- Raquel Nunes de Araújo
50- Rosa Lídia Coelho de Melo
51- Renata da Cruz Nascimento
52- Sheila Lima de Azevedo
53- Salete Maura de Sousa
54- Tiago do Carmo Lima
55- Tarciana Martins Feitoza
56- Vera Lúcia Leite de Paula
57- Valdenira Melo Paula
58- Wallace da Silva

  

Pastoral da Liturgia
pjmjfortaleza.blogspot.com.br



  

DIA DE TODOS-OS-SANTOS - 01 DE NOVEMBRO 2014

DIA DE TODOS-OS-SANTOS - 01 DE NOVEMBRO 2014
A festa do dia de Todos-os-Santos é celebrada em honra de todos os santos e mártires, conhecidos ou não. A Igreja Católica celebra a Festum omnium sanctorum a 1 de novembro seguido do dia dos fiéis defuntos a 2 de novembro.

Segundo o ensinamento da Igreja, a intenção catequética desta celebração que tem lugar em todo o mundo, ressalta o chamamento de Cristo a cada pessoa para o seguir e ser santo, à imagem de Deus, a imagem em que foi originalmente criada e para a qual deve continuar a caminhar em amor. Isto não só faz ver que existem santos vivos (não apenas os do passado) e que cada pessoa o pode ser, mas sobretudo faz entender que são inúmeros os potenciais santos que não são conhecidos, mas que da mesma forma que os canonizados igualmente vêem Deus face a face, têm plena felicidade e intercedem por nós. O Papa João Paulo II foi um grande impulsionador da "vocação universal à santidade", tema renovado com grande ênfase no Segundo Concílio do Vaticano.

Nesta celebração, o povo católico é conduzido à contemplação do que, por exemplo, dizia o Cardeal Beato John Henry Newman: não somos simplesmente pessoas imperfeitas em necessidade de melhoramentos, mas sim rebeldes pecadores que devem render-se, aceitando a vida com Deus, e realizar isso é a santidade aos olhos de Deus.

A comunhão com os santos: «Não é só por causa do seu exemplo que veneramos a memória dos bem-aventurados, mas ainda mais para que a união de toda a Igreja no Espírito aumente com o exercício da caridade fraterna. Pois, assim como a comunhão cristã entre os cristãos ainda peregrinos nos aproxima mais de Cristo, assim também a comunhão com os santos nos une a Cristo, de quem procedem, como de fonte e Cabeça, toda a graça e a própria vida do Povo de Deus»


«A Cristo, nós O adoramos, porque Ele é o Filho de Deus;
quanto aos mártires, nós os amamos como a discípulos e imitadores do Senhor;
e isso é justo, por causa da sua devoção incomparável para com o seu Rei e Mestre.
Assim nós possamos também ser seus companheiros e condiscípulos!».

                                   Martyrum sancti Polycarpi 17, 3: SC 10bis, 232 (FUNK 1, 336).


Quando a Igreja, no ciclo anual, faz memória dos mártires e dos outros santos, «proclama o mistério pascal» realizado naqueles homens e mulheres que «sofreram com Cristo e com Ele foram glorificados, propõe aos fiéis os seus exemplos, que a todos atraem ao Pai por Cristo, e implora, pelos seus méritos, os benefícios de Deus».

«Os cristãos, de qualquer estado ou ordem, são chamados à plenitude da vida cristã e à perfeição da caridade». Todos são chamados à santidade: «Sede perfeitos, como o vosso Pai celeste é perfeito» (Mt 5, 48):

«Para alcançar esta perfeição, empreguem os fiéis as forças recebidas segundo a medida em que Cristo as dá, a fim de que [...] obedecendo em tudo à vontade do Pai, se consagrem com toda a alma à glória do Senhor e ao serviço do próximo. Assim crescerá em frutos abundantes a santidade do povo de Deus, como patentemente se manifesta na história da Igreja, com a vida de tantos santos» 

PJMJ - PASTORAL DA LITURGIA

DIA DE FINADOS – 02 NOVEMBRO DE 2014

DIA DE FINADOS – 02 NOVEMBRO DE 2014
Assim como outras datas são importantes para nossas vidas, o dia 02 de novembro, mais conhecido como dia de finados, também tem sua relevância, pois foi criado em homenagem às pessoas falecidas.
A morte é o cessar definitivo da vida, seja ela humana, vegetal ou animal, que pode acontecer por diferentes motivos, como doenças, acidentes ou violência.
O dia dos mortos é um dia de respeito, dedicado para que as famílias celebrem a vida eterna dos seus entes falecidos, tendo esperança de que tenham sido recebidos pelo reino de Deus.
As missas em memória às pessoas falecidas tiveram sua origem no século IV, mas foi no século seguinte que a igreja passou a consagrar um dia para essa celebração.
A escolha da data se deu em virtude do dia de todos os santos, primeiro de novembro, pois os religiosos acreditavam que todas as pessoas, ao morrerem, entram em estado de graça, mesmo não sendo canonizados.
A cultura de dedicar um dia para homenagear os mortos varia muito de localização ou religião, mas segue os princípios do catolicismo, pois a partir do século XI, os papas Silvestre II, João XVII e Leão IX passaram a exigir tal celebração.
No dia de finados, as pessoas enfeitam os túmulos com flores, acendem velas e muitas mandam rezar missas pelos parentes que perderam. É um dia muito triste, pois através das homenagens feitas, as pessoas voltam a sofrer a dor da perda, entristecendo-se e até chorando por saudade.
Esses sentimentos devem ser respeitados, pois não é fácil aprender a viver sentindo a falta de alguém que antes fazia parte de sua vida, que estava presente em tudo, que oferecia amor, dedicação e carinho. Com certeza, todas as pessoas sentem muito a ausência das pessoas que amam.

PASTORAL DA LITURGIA


PASTORAL DA LITURGIA – INFORMA:251014

PASTORAL DA LITURGIA – INFORMA:


1 / As MISSAS dos fies defuntos para o dia 02 de novembro 2014, serão celebradas enfrente ao CEMITÉRIO DE ANTONIO BEZERRA, nos seguintes horários pelas equipes de liturgia:

A Equipe de Sábado dia 1º: SAGRADA FAMÍLIA.
     - Missa de todos os Santos, pela Liturgia Diária.  * MISSA NA MATRIZ.

As Equipes de Domingo dia 02: *  NO CEMITÉRIO DE ANT. BEZERRA.

- 07Hs – Equipe Sagrada Face.
            Obs: Leituras e Salmo, pela Primeira Missa da Liturgia Diária.
- 17Hs – Equipe Rainha da Paz.
            Obs: Leituras e Salmo, pela Segunda Missa da Liturgia Diária.
- 19Hs – Equipe Dízimo.
            Obs: Leituras e Salmo, pela Terceira Missa da Liturgia Diária.

 * OS CANTICOS POSTADOS NO VOLANTE PARA ESSAS MISSAS, NÃO PODEM SER SUBSTITUIDOS.



2  / O Segundo final de semana do mês de novembro, será celebrada a Missa em ação e graças aos DIZIMISTAS aniversariantes do Mês, com as equipes:

·        As Equipes:
                  
- NO SÁBADO:  - UNIDOS NA FÉ.. 19Hs  (Noite)

- NO DOMINGO:  - TERÇO DOS HOMENS /  07Hs  (Manhã)
                                      - CORAÇÃO DE LUZ / 17Hs   (Tarde)
                                 - SAGRADA FACE / 19HS   (Noite)

* OS CANTICOS POSTADOS NO VOLANTE PARA ESSAS MISSAS, NÃO PODEM SER SUBSTITUIDOS.

   
  3 /  As equipes de LITURGIA devem ficar atentas para o dia 23 de   
     NOVEMBRO, dia da nossa reunião bimestral, pois estamos nos preparando   
     para  a FESTAS DOS PAFROEIROS do ano de 2014.

  
Pastoral da Liturgia  
pjmjfortaleza.blogspot.com.br




Santa Missa – 02 Novembro 2014 - FIEIS DEFUNTOS


PARÓQUIA JESUS, MARIA E JOSÉ / ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA
     Pastoral da Liturgia / pjmjfortaleza.blogspot.com.br
    Santa Missa – 02 Novembro 2014 - FIEIS DEFUNTOS


  Na esperança da ressurreição!
Neste dia de esperança, de comunhão com quem amamos e que já partiu, a Ressurreição de Jesus é uma luz para nossa fé na vida eterna. É esse o sentimento que hoje nos move a estar reunidos para fazer memória de nossos irmãos e irmãs, acreditando e esperando que estejam junto de Deus. Em Cristo está nossa certeza de que, vivendo e construindo seu Reino aqui, também o herdaremos na eternidade.



CANTO  DE ENTRADA:   
1 1.Me chamaste para caminhar na vida contigo/ Decidi para sempre seguir-te, não voltar atrás/ Me puseste uma brasa no peito e uma flecha na alma/ É difícil agora viver sem lembrar-me de ti. // Te amarei Senhor, te amarei, Senhor/ Eu só encontro a paz e a alegria bem perto de ti (2x). // 2. Eu pensei muitas vezes calar e não dar nem resposta/ Eu pensei numa fuga esconder-me, ir longe de ti/ Mas tua força venceu e ao final eu fiquei seduzido/ É difícil agora viver sem lembrar-me de ti. // 3. Ó Jesus, não me deixes jamais caminhar solitário/ Pois conheces a minha fraqueza e o meu coração/ Vem, ensina-me a viver a vida na tua presença/ No amor dos irmãos, na alegria, na paz, na união.
2.  1.A vida pra quem acredita, não é passageira ilusão e a morte se torna bendita, porque é a nossa libertação. // (Refrao:) Nós cremos na vida eterna, e na feliz ressurreição, Quando de volta à casa paterna, com o Pai os filhos se encontrarão. // 2-No céu não haverá tristeza, doença, nem sombra de dor, No céu só haverá a certeza de viver feliz com o Senhor. // 3-O Cristo será neste dia a luz que há em todos a brilhar, a Ele imortal melodia os eleitos hão de entoar.

ATO PENITENCIAL:     
3- Pai, eu vim aqui pra te pedir perdão. Contrito e arrependido está, meu coração  (2x)
Pai, eu sei que eu errei. Pai, eu sei que eu te magoei. Pai, eu sei que eu pequei.  Pai, eu sei que eu te machuquei. Mas agora te peço, Pai: as minhas culpas todas apagai.
Me ressuscita, misericórdia infinita (2x)
HINO DE LOUVOR 
4- Glória, glória, ao pai, criador, ao filho, redentor, e ao espírito, glória! (bis)
Ao pai, criador do mundo, Ao filho, redentor dos homens, E ao espírito de amor demos sempre glória! E ao espírito de amor demos sempre glória! // Glória, glória, ao pai, criador, ao filho, redentor, e ao espírito, glória! (bis)

ACLAMAÇÃO:
5 - Aleluuia,  Aleluuia... como o Pai me amou assim também eu vos amei.  Aleluuia, Aleluuia... como estou no Pai, permanecei em mim.
Vós todos que sofreis aflitos, vinde a mim! Repouso encontrarão os vossos corações /Dou graças a meu Pai que revelou ao pobre, ao pequenino no seu grande amor! //

6Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia! 
Ponho-me a ouvir o que o Senhor dirá. Ele vai falar, vai falar de paz
 // Pela minha voz e pelas minhas mãos Jesus Cristo vai, vai falar de paz.// 
CANTO DAS OFERTAS:    
7 - Eu não sou nada e do pó nasci, mas Tu me amas e morrestes por mim // Diante da cruz só posso exclamar Teu sou, Teu sou.// Toma minhas mãos te peço Toma meus lábios, te amo Toma minha vida, ó Pai Teu sou. //
-Quando de joelhos te olho ó Jesus vejo tua grandeza e minha pequenez que posso dar-te eu? Só meu ser Teu sou, teu sou.// (Refrão)
 
8 - Minha vida tem sentido, cada vez que eu venho aqui / E te faço o meu pedido de não me esquecer de ti. / Meu amor é como este pão, que era trigo, que alguém plantou depois colheu / E depois tornou-se salvação,e deu mais vida e alimentou o povo meu./
Eu te ofereço este pão! Eu te ofereço meu amor! (bis) // -Minha vida tem sentido, cada vez que eu venho aqui, e te faço o meu pedido de não me esquecer de ti. / Meu amor é como este vinho,que era fruto, que alguém plantou, depois colheu; /
E depois encheu-se de carinho,  e deu mais vida, e saciou o povo meu. / (Refrão)

SANTO:  
9 -Santo, Santo / Santo é o Senhor... Deus do universo do céu e da terra. (2x) // Hoosaana, hoosaana, Hoosaana nas alturas.    (2x)   (Refrão) // Bendito o que vem em nome do Senhor, Hosana nas alturas, nas alturas.  (2x) // Hoosaana, hoosaana, Hoosaana nas alturas.    
 
10-Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do Universo. Os céus e a terra proclamam a vossa glória. // Hosana nas alturas, Hosana nas alturas(2x) // Bendito o que vem em nome do Senhor. (2x) Hosana nas alturas, hosaana nas alturas!(2x)

PAZ:    
11 - Aperte a minha mão, irmão, quero te dar a paz do meu Senhor / Me dê um abraço forte, bem mais forte do que forte / num gesto de amor. // A paz do Senhor quero te dar meu irmão / com toda a alegria que existe no meu coração. (2x) //
 
12- Paz, paz de Cristo! Paz, paz que vem do amor te desejo irmão! Paz que é felicidade de ver em você Cristo nosso irmão!

Se algum dia na vida, você de mim precisar, saiba que sou seu amigo, pode comigo contar.

O mundo dá muita voltas agente vai se encontrar, quero na volta da vida a sua mão apertar.

CANTO DE COMUNHÃO:    
13- Eu vim para que todos tenham vida/ Que todos tenham vida plenamente. (2x)
1-Reconstrói a tua vida em comunhão com teu senhor/ Reconstrói a tua vida em comunhão com teu irmão/ Onde está o teu irmão/ eu estou presente nele.  // 2- Eu passei fazendo o bem/ eu curei todos os males/ Hoje és minha presença junto a todo sofredor/ Onde sofre o teu irmão, eu estou sofrendo nele.  // 3-Entreguei a minha vida pela salvação de todos/ Reconstrói, protege a vida de indefesos e inocentes/ Onde morre o teu irmão, eu estou morrendo nele.  // 4-Vim buscar e vim salvar o que estava já perdido/ Busca, salva e reconduz a quem perdeu toda a esperança/ Onde salvas teu irmão/ tu me estás salvando nele. //5-Este pão meu corpo e vida/ para a salvação do mundo/ É presença e alimento/ nesta santa comunhão/ Onde está o teu irmão/ eu estou também com ele. //6- Salvará a sua vida quem a perde quem a doa/ eu não deixo perecer nenhum daqueles que são meus/ Onde salvas teu irmão/ tu me estás salvando nele. // 7-Da ovelha desgarrada eu me fiz o bom pastor/ Reconduze, acolhe e guia a que de mim se extraviou/ Onde acolhes teu irmão, tu me acolhes, também, nele.
  
14-  1.Vem, e eu mostrarei que o meu caminho te leva ao pai / Guiarei os passos teus e junto a ti hei de seguir / Sim, eu irei e saberei como chegar ao fim / De onde vim, aonde vou, por onde irás, irei também.  /  Lá, lá, lá...  .  Lá, lá, lá...
2. Vem, eu te direi o que ainda estás a procurar / A verdade é como o sol e invadirá teu coração /
Sim, eu irei e aprenderei minha razão de ser / Eu creio em ti que crês em mim e a tua luz verei a luz. // 3. Vem, e eu te farei da minha vida participar / Viverás em mim aqui, viver em mim é o bem maior / Sim, eu irei e viverei a vida inteira assim / Eternidade é na verdade, o amor vivendo sempre em nós. // 4. Vem, que a terra espera quem possa e queira realizar / Com amor, a construção de um mundo novo muito melhor! / Sim, eu irei e levaria teu nome aos meus irmãos / Iremos nós e o teu amor vai construir enfim a paz!

CANTO DE MEDITAÇÃO / FINAL:
15-1.Quem nos separá?/ Quem vai nos separar?/ Do amor de Cristo/ Quem nos separá?/ Se ele é por nós/ Quem será, quem será contra nós?/
Quem vai nos separar do amor de Cristo quem
será? // 2-Nem a espada/ ou perigo/ Nem os erros dos meus irmãos/ Nenhuma das criaturas/ Nem a condenação. //


3.Nem a vida/ Nem a morte/ Nem os anjos ou principados/ Nem o passado/ nem o presente/ O futuro nem as potestades. // 4. Nem a altura, Nem o abismo, Tão pouco a perseguição, Nem a angustia, a dor, a fome,
Nem a tribulação.//
 
16- 1. Eu pensei que podia viver por mim mesmo, Eu pensei que as coisas do mundo Não iriam me derrubar / O orgulho tomou conta do meu ser, E o pecado devastou o meu viver / Fui embora, disse ao Pai: Dá-me o que é meu! Dá-me a parte que me cabe da herança! / Fui pro mundo, gastei tudo, me restou só o pecado / E hoje eu sei que nada é meu / Tudo é do Pai.
Tudo é do Pai! / Toda honra e toda a Glória, É dele a vitória alcançada em minha vida.
Tudo é do Pai! Se sou fraco e pecador, bem mais forte é o meu Senhor Que me cura por Amor!
 
17-1.Tenho esperado este momento, Tenho esperado que viesses a mim / Tenho esperado que me fales, Tenho esperado que estivesses assim. / Eu sei bem o que tens vivido, Sei também que tens chorado / Eu sei bem que tens sofrido, Pois permaneço ao teu lado. // Ninguém te ama como eu, (2x) olhe pra Cruz esta é a minha grande prova, Ninguém te ama como eu. (Repete) // 2. Eu bem sei o que me dizes, Ainda que nunca me fales. / Eu sei bem o que tens sentido, ainda que nunca me reveles. / Tenho andado ao seu lado, junto a ti permanecido / Eu te levo em meus braços, pois sou teu melhor amigo. - (Refrão) Ninguém te AM...

18- 1. Deus esta aqui neste momento/ sua presença é real em meu viver/ Entregue sua vida e seus problemas/ fale com Deus, ele vai ajudar você.
Deus lhe trouxe aqui/ Para aliviar os seus sofrimentos/ Ele é autor da fé/ Do principio ao fim/ de todo esse momento// e ainda se vier/ Noites traiçoeiras/ se a cruz pesada for/ Cristo estará contigo/ e o mundo pode até/ fazer você chorar/ mas Deus te quer sorrindo// 2. Sejam/ quais forem seus problemas/ Fale com Deus/ ele vai ajudar você/ Depois da dor/ vem sempre à alegria/ Fale com Deus/ Ele não o deixará sofrer./

19- 1. Se as águas do mar da vida quiserem te afogar/ Segura na mão de Deus e vai // Se as tristezas desta vida quiserem te sufocar/ Segura na mão de Deus e vai. // Segura na mão de Deus, segura na mão de Deus,/ pois ela, ela te sustentará/ Não temas segue adiante e não olhes para trás/ Segura na mão de Deus e vai // 2. Se a jornada é pesada e te cansas da caminhada/ Segura na mão de Deus e vai Orando, jejuando, confiando e confessando/ Segura na mão de Deus e vai. // 3. O Espírito do Senhor sempre te revestirá/ Segura na mão de Deus e vai Jesus Cristo prometeu que jamais te deixará/ Segura na mão de Deus e vai

Pastoral da Liturgia  - nivandoliveira@Gmail.com   
pjmjfortaleza.blogspot.com.br





   

Último trimestre de 2014-PJMJ131014

Datas importantes da Paróquia - Último trimestre de 2014


Outubro
01 - Encerramento da Festa de Santa Terezinha (Bairro Dom Lustosa)

07 a 16 - Festa de Santa Edwirges

23 a 25 - Festa de São Francisco das Chagas


Novembro
02 - Finados (Missa em frente ao cemitério às 07h, 17h e 19h)
        EQUIPES:   
07hS  / Sagrada Face.
                            17hs /  Rainha da Paz.
                            19hs /  Equipe do Dízimo.

09 - Batismo de todas crianças da Catequese da Eucaristia da Paróquia toda na Matriz, às 17h
e Batismo dos Adultos da Paróquia toda na Matriz, às 19h

15 - Kairós, a festa da Salvação, no Discipulado de Jesus Cristo, a partir das 16h

20 - Formação Missionária dos Agentes de Pastoral, na Quadra Paroquial, às 19:30h

22 - Primeira Comunhão na Capela Santa Edwiges, 19h


Dezembro
14 - Batismo das crianças de 0 a 6 anos na Matriz, às 10h

19 a 28 - Festa dos Padroeiros (Com Jesus, Maria e José: caridade e missão!)


Pastoral da Liturgia.

26 - Casamento Comunitário na Matriz, às 19h